fbpx

Quais os benefícios da computação em nuvem?

Afinal, você sabe o que é cloud, nuvem ou computação em nuvem? Esses três termos tem o mesmo significado. Computação em Nuvem é o nome genérico dado à toda a infraestrutura de computação necessária para usarmos nossos sistemas, aplicativos, arquivos, fotos através da internet

A nuvem viabiliza o acesso remoto de qualquer lugar ou aparelho.

Por que investir em computação em nuvem?

Atualmente, as empresas estão recorrendo cada vez mais a uma variedade de soluções de computação em nuvem para competir no mercado em que atuam, com mais eficiência e segurança, reduzindo custos e melhorando a escalabilidade da empresa. Segundo o Gartner, até 2025, mais da metade dos investimentos será em computação em nuvem. Esses dados nos sinalizam a importância da nuvem na transformação digital pela qual as empresas estão passando. Mas o que exatamente é computação em nuvem e de que maneira ela beneficia os negócios e os departamentos de TI (tecnologia da informação)?

A computação em nuvem é o fornecimento de infraestrutura de TI como serviços, incluindo servidores, armazenamento, bancos de dados, rede, software, análise de dados e inteligência artificial. A Nuvem utilizada através da Internet vem para potencializar inovações mais rápidas, recursos flexíveis, economia e proteção das informações. Com a nuvem você paga apenas pelos serviços utilizados, ajudando a reduzir custos operacionais, mantendo a infraestrutura mais eficiente e escalável e conforme as necessidades da empresa.

Com a nuvem sua empresa é mais ágil!

A computação em nuvem traz diversos benefícios ao seu negócio, um deles é a disponibilidade dos sistemas, arquivos e aplicações a serem acessados de qualquer local ou computador, permitindo a agilidade do seu negócio e não requer investimentos em TI. O acesso é remoto, através da Internet, permitindo que as empresas estejam preparadas para mudanças repentinas de forma que nunca comprometam seus processos e sobrecarregue seus colaboradores.

Computação em nuvem X Estrutura física

Uma das maiores questões quando o assunto é computação em nuvem é se vale a pena comprado a se ter a estrutura física de servidores. Do ponto de vista técnico, a nuvem vale muito mais a pena do que a estrutura física. 

Investir na computação em nuvem é poupar recursos que seriam gastos em toda uma estrutura de TI própria com licenças de software, hardware e serviços, preservando o capital no caixa da empresa para investir no seu próprio negócio. Ao invés de fazer este investimento em TI própria e de alto valor, a empresa pagará pelos recursos de computação que consumir.  

Os custos com estrutura física e atualizações são terceirizados para o fornecedor de nuvem, que por ter foco total nesse setor, oferece os melhores equipamentos e sistemas, investindo pesado na melhor tecnologia em nuvem disponível.

Quando a empresa precisar de mais desempenho nos seus sistemas, com apenas um clique, você aumenta sua capacidade facilmente, tendo a flexibilidade de diminuir também, caso seja necessário. Na estrutura de TI própria, dificilmente se consegue essa elasticidade, se precisar expandir provavelmente precisará investir novamente.

Computação em Nuvem não é mais o futuro, é o presente!

Segundo o IDC (International Data Corporation), importante provedora global de inteligência de mercado, em 2022, 40% dos orçamentos de TI das grandes empresas serão redistribuídos em segurança e plataformas em Nuvem. 

Os altos custos dos equipamentos e sistemas de proteção de dados e segurança cibernética para se manter uma estrutura física própria já não são novidade, isso sem contar a equipe de profissionais especializados em cada parte da estrutura de T.I. com alto conhecimento. Ao contratar os serviços em nuvem, você terceiriza essa responsabilidade para os provedores de nuvem pública (Amazon, Google, Huawei e Microsoft) com um potencial de investimento muito grande e bem maior que as pequenas e médias empresas para investir em Segurança cibernética. Logo, só pelo poder de investimento destas empresas se pode imaginar que a segurança na nuvem é maior que em uma estrutura de TI própria da maioria das pequenas e médias empresas.

Nuvem é mais sustentável 

Sustentabilidade é algo essencial nos dias de hoje, ser ecologicamente correto consiste em estar comprometido com o nosso ecossistema. A infraestrutura necessária para uma solução de computação em nuvem é bem mais enxuta do que uma solução tradicional de estrutura de TI própria. 

Com a nuvem, dentro das nossas empresas estamos consumindo menos energia, refrigeração, espaço físico e reduzindo consideravelmente o acúmulo de sucata e lixo eletrônico que se formam com o passar dos anos. Através do uso racional dos recursos naturais e tecnológicos, contribuímos para a preservação do meio ambiente e construímos um estilo de vida mais sustentável. Colocando em prática pequenas ações em nosso dia a dia, mais do que consumir de forma responsável, permitiremos preservar o planeta para nossas futuras gerações.

No Brasil, a tecnologia da computação em nuvem ainda é recente, mas está sendo cada vez mais explorada. Empresas de pequeno, médio e grande porte estão adotando a tecnologia gradativamente, dando prioridade ao que realmente importa, maior praticidade para seu empreendimento, além de mais segurança dos seus dados, fácil acesso remoto, backup e agilidade na expansão. Assim, você se concentra nos processos da sua empresa e foca diretamente no próprio negócio, pois o valor que seria investido em recursos de TI, pode ser direcionado para estoque, produtos e serviços relacionados ao seu segmento de atuação, fortalecendo cada vez mais a atividade fim da empresa.

2022. Todos os direitos reservados. Criado por @setezeromeia.