Saiba O Que É Engenharia Social E Como Se Proteger

engenharia-social

Você já ouviu falar de engenharia social e os prejuízos que essa prática pode trazer para a sua organização? 

Saiba que ela é uma técnica usada por criminosos cibernéticos que visa a manipulação de usuários para roubar dados pessoais e de acesso de empresas e instituições variadas.

Quer saber como essa ação criminosa funciona e como proteger a sua organização? Então, continue lendo o nosso artigo e encontre tudo que você precisa saber sobre ataques de engenharia social.

Qual A Definição De Engenharia Social?

Engenharia social é uma prática usada por criminosos cibernéticos para roubar dados confidenciais de acesso de sistemas e computadores de empresas e organizações variadas. 

Para você entender como essa técnica funciona, os hackers enganam os usuários e os induzem a enviar informações confidenciais ou permitir acesso a servidores ou computadores de empresas. 

Além disso, essa técnica também é usada para infectar computadores e sistemas com malware ou para incentivar a abertura de links de sites maliciosos. 

Lembrando que essa prática só é efetivada mediante a interação entre a vítima, ou seja, o usuário do sistema ou computador, e o criminoso virtual.

Como É Praticada A Engenharia Social?

O ataque de engenharia social utiliza a ingenuidade de usuários ou mesmo o desconhecimento para ter acesso a sistemas ou computadores de empresas. 

Normalmente, esses criminosos procuram pontos de vulnerabilidades para ter acesso a dados sigilosos ou informações financeiras de uma organização. 

Esse método de crime cibernético é muito discreto e sutil, já que o criminoso virtual estabelece uma relação de confiança no sentido de convencer o usuário a praticar uma determinada ação, como, por exemplo, clicar em um anúncio falso ou promoções. 

Sendo assim, ao praticar essas ações, os criminosos imediatamente entram na rede ou no computador e conseguem atingir o seu objetivo, que pode ser o roubo de dados ou a disseminação de um malware para monitorar comportamentos de um usuário, etc. 

A característica principal da engenharia social é que ela é praticada sem a necessidade de usar a força, coação ou mesmo ameaça. 

Quais Os Tipos De Engenharia Social?

Há vários tipos de engenharia social usados pelo criminosos cibernéticos. Dessa forma, conhecê-la é essencial para que você consiga proteger os sistemas ou computadores da sua empresa. 

Confira quais são as modalidades de engenharia social.

Quid Pro Quo

O quid pro quo é um tipo de engenharia social muito usada, atualmente. Nesse caso, o hacker oferece uma vantagem para a vítima em troca de alguma informação. 

Já recebeu um e-mail ou um SMS falando que você tem um dinheiro para receber, mas para isso, precisa enviar seus dados, como RG ou CPF?

Pois bem, essa técnica é conhecida como quid pro quo, que quer dizer “troca justa não é um roubo”.

Então, fique atento caso receba algum e-mail ou mensagem com essa conotação. 

Phishing

O phishing também é um ataque de engenharia social usado há muito tempo e que ainda surte efeito. 

Nesse caso, os criminosos cibernéticos enviam um e-mail malicioso se passando por instituições sérias, como bancos ou empresas financeiras, e solicitam danos pessoais, como senhas e informações do cartão, com a justificativa de atualização de cadastro.

Como o e-mail tem nome e recursos visuais conhecidos, a vítima é enganada e envia os dados aos criminosos.

Há práticas em que os criminosos incentivam o usuário a fazer a instalação de softwares maliciosos para ter acesso ao computador ou sistema da empresa.

Lembrando que o ataque de phishing também é uma ação que pode ser praticada por meio de contato telefônico ou das redes sociais. Por isso, antes de fornecer dados, é preciso se certificar dá confiabilidade ou não da mensagem. 

Isca

Outro tipo de ataque de engenharia social é chamado de isca. Nesses casos, os criminosos oferecem ou mesmo vendem para a vítima um pen drive com malware.

Ao conectar o dispositivo no computador, o software malicioso automaticamente ingressa na rede e espalha a infecção por toda a máquina ou no sistema de uma empresa.

Muitas vezes, essas ações visam apenas o comprometimento do computador sem que haja o roubo de dados, embora, essa prática também pode ser usada. 

Spamming De Contatos E Hacking De E-Mail

Entre as modalidades de engenharia social, o spamming de contatos e hacking de e-mail também é muito usado pelos criminosos virtuais. 

Nesse caso, os e-mails comprometidos em algum tipo de roubo de dados podem ser usados por hackers para enviar e-mails maliciosos para a lista de contato da vítima. 

Você já recebeu um e-mail de uma pessoa conhecida, sugerindo clicar em um anúncio promocional?

Pois bem, essa é uma modalidade de engenharia social muito efetiva. Então, se um dia receber esse tipo de mensagem, desconfie.  

Aliás, é importante lembrar que os hackers podem invadir algumas contas de e-mail sem que haja uma ação de vazamento de dados.

Fique atento onde seus e-mails estão armazenados, investigue se a tecnologia de e-mail da sua empresa está segura.

Pretexto

Outro ataque de engenharia social muito comum é o pretexto. Nesse tipo de ação criminosa, os hackers usam pretextos, como histórias comoventes, para enganar as vítimas. 

Normalmente, essas ações ocorrem por meio de e-mails e as mensagens têm sempre conotações tristes, que comovem a vítima e, por curiosidade, o usuário clica no link do e-mail carregado de malware, contaminando todo o computador. 

Há também outras narrativas muito usadas pelos criminosos, que sugerem premiações em sorteios, por exemplo. 

Relacionamento

A engenharia social é um tipo de ataque cibernético que também pode envolver um relacionamento entre a vítima e o criminoso virtual. 

Há casos em que o hacker estabelece uma relação amorosa online, fingindo estar apaixonado pelo usuário.

Quando a relação entre os dois está mais sólida, o criminoso solicita de maneira sutil dados sigilosos da vítima e usa-os em ações criminosas. 

Qual O Tipo De Perigo Oferecido Pela Engenharia Social?

Há muitos perigos oferecidos pela engenharia social, como listamos ao longo do artigo.

Entre os perigos estão o envio de dados confidenciais, abertura de links para sites maliciosos, a infecção de computadores e sistemas, etc. 

Como Identificar A Engenharia Social? Principais Comportamentos

Há várias maneiras de identificar a engenharia social. Listamos as principais logo abaixo, confira:

Emoções Intensas

Os criminosos utilizam das emoções intensas da vítima para praticar uma ação criminosa. Isso porque, nesses momentos, as pessoas podem tomar ações irracionais ou mesmo arriscadas. 

Essas emoções podem ser as mais variadas, como curiosidade, medo, raiva, tristeza, etc. 

Confiança

Outro comportamento para identificar a engenharia social é a confiança. Ao estabelecer um relacionamento com o criminoso virtual, por exemplo, a vítima passa a confiar na pessoa, praticando ações sugeridas pelo criminoso. 

Essa confiança torna as narrativas cada vez mais real, enganando a vítima com muito mais facilidade.

Exceções

Há também as mais diversas exceções às regras que listamos nos tópicos anteriores. Muitos criminosos usam metodologias mais simples para ingressar uma rede ou os computadores de uma empresa.

Essas exceções incluem ações fáceis, como permanecer na praça da alimentação e usar a rede wi-fi do local para invadir notebooks e outros dispositivos de pessoas que estão conectadas à mesma rede, roubando senhas de acesso. 

Falsa Urgência

A falsa urgência também é um comportamento clássico de engenharia social.

Nesses casos, os criminosos motivam as vítimas a praticar determinada ação sob a justificativa de um erro no sistema, que pode ser resolvido com o download de um software, por exemplo.

Outra tática usada, nesses casos, são as premiações em sorteios, por exemplo.

Essas narrativas que utilizem a vantagem com isca geram uma urgência na vítima, que não conseguem tem uma análise crítica, caindo, assim, no golpe. 

Como Se Proteger Da Engenharia Social?

Entendendo o comportamento em ataques de engenharia social e como todo esse mecanismo funciona, fica mais fácil se precaver e evitar cair em golpe, ter seus dados roubados ou seus sistemas invadidos. 

Confira as práticas mais recomendadas para proteger sua empresa:

Verifique A Fonte

O primeiro passo para se proteger é verificar a fonte antes de praticar qualquer ação que possa colocar em risco a segurança dos seus dados ou do sistema da sua empresa.

Se você receber um e-mail que pede a atualização de dados ou mesmo incentivar o clique em algum link, desconfie e confira o remetente. 

Em casos de uma e-mail do seu banco, por exemplo, entre em contato com o gerente e verifique se a mensagem é verdadeira.

Comprou um pen drive em um local sem procedência ou o encontrou em algum lugar, nem pense em inseri-lo no seu computador. 

Antes disso, verifique a origem do dispositivo e, se ficar em dúvida, não o conecte em nenhuma máquina da sua empresa. 

Entenda O Que Eles Sabem Sobre Você

Suponhamos que você recebeu uma ligação ou mesmo uma mensagem por WhatsApp de uma instituição bancária, por exemplo, o primeiro passo é entender o que eles sabem sobre você. 

Normalmente, eles vão pedir para você confirmar os dados pessoais, nunca forneça. Tente descobrir quais são os dados que os criminosos têm em mãos para se precaver. 

Peça Identificação

Aqui o exemplo também é o mesmo para se proteger de ataques de engenharia social. Se você recebeu uma ligação de uma pessoa que diz ser gerente da sua conta, tenha cuidado.

Se a pessoa já pode confirmar dados ou solicitar informações pessoais, desconfie, pois pode ser um golpe. Nesses casos, peça a identificação do profissional, como nome completo, função e nome do superior.

Desligue o telefone e entre em contato com a instituição que fez a ligação por meio de números oficiais.

Nunca acredite nos argumentos e questionamentos da pessoa, investigue antes de fornecer qualquer informação. 

Use Um Filtro De Spam Eficiente

Outro cuidado para não cair em golpes de engenharia social, é usar um spam eficiente nas suas contas de e-mail. Você pode definir inserir alguns termos que podem sugerir mensagens maliciosas. 

Ao identificar arquivos perigosos, links suspeitos, remetentes suspeitos ou mensagens com esses termos, o sistema automaticamente bloqueia o e-mail e o classifica como spam e nem chegam na sua caixa de e-mail.

Conclusão

A engenharia social é uma prática que usa a ingenuidade ou mesmo o desconhecimento da vítima para praticar ações criminosas. Sendo assim, se você é gestor ou dono de uma empresa, é importante que essas práticas sejam de conhecimento dos seus colaboradores. 

Por isso, criamos esse conteúdo com boas práticas no sentido de te ajudar a impedir ataques de engenharia social

Além disso, lembre-se que nem sempre é possível controlar os comportamentos dos seus colaboradores; sendo assim, conte com sistemas que preservem as informações e dados da sua empresa. 

Hoje em dia, há muitos mecanismos, como sistemas de detecção de malwares, firewalls NG, arquitetura de redes, mas comece pelo básico bem feito implementando uma rotina de backups, que garante a preservação de dados da sua empresa em caso de ações de engenharia social, que podem prejudicar os sistemas ou roubar dados sensíveis.

Quer garantir ainda mais segurança aos dados da sua empresa? 

Então, faça regularmente backups de arquivos da sua empresa, pois, em um eventual ataque cibernético, sua companhia não perderá dados sensíveis, já que essa solução realiza cópias de segurança armazenadas em outros dispositivos e soluções. 

Se a sua empresa ainda não conta com uma solução de backup, considere a contração agora mesmo para proteger a sua empresa.

Conheça a HLTI, que comercializa um dos melhores produtos do mercado, o Backup PRO

Esse sistema é compatível com diversos sistemas, aplicações, bancos de dados e virtualização, proporcionando a segurança dos dados da organização.

2022. Todos os direitos reservados. Criado por @setezeromeia.