Entenda O Que É Backup, Como Funciona E Importância

backup

Ter uma rotina de backup na sua empresa é fundamental; afinal, você não pode correr o risco de perder arquivos digitais importantes para as atividades da sua companhia, não é mesmo?

Se você ainda não faz backup dos seus arquivos, recomendamos que implemente essa cultura agora mesmo para garantir a segurança dos dados da sua organização.

Para quem desconhece esse termo, saiba que backup consiste na realização de cópias de segurança de dados digitais variados, que incluem aplicativos, documentos, imagens, softwares, etc.

Quer saber mais? Continue lendo nosso artigo e entenda o que é backup, como funciona e qual a sua real importância para a sua organização. Vem com a gente!

O Que É Backup?

Como já mencionamos no início deste artigo, backup é um termo em inglês, que significa cópia de segurança. 

Esse processo armazena arquivos variados, que podem ser em um local físico, como um storage, NAS, ou HD externo, por exemplo, ou mesmo em um serviço de nuvem, o sistema mais usado atualmente em empresas de todo o mundo.

Como Funciona Um Backup?

O funcionamento de um backup é muito simples: esse processo armazena cópias de arquivos de um sistema ou dispositivo para outro local, que pode ser um espaço físico ou em nuvem, ou seja, em um servidor remoto. 

No caso da nuvem, os arquivos são enviados de maneira virtual para esse servidor remoto, podendo ser acessados com senhas, a partir de outro dispositivo com acesso à internet, como celulares, computadores, tablets, etc. 

O armazenamento em espaço físico pode ser feito em Storage, unidade de fita, HD externo, cartão SD, pen drive, entre outros.

Nesse caso, há limite de espaço para guardar esses dados; por isso, é preciso analisar se o sistema consegue suportar o volume de arquivo da sua empresa. 

como-funciona-backup

Para Que Serve Manter O Backup Atualizado?

O backup serve, principalmente, para que os dados da sua empresa ou mesmo informações pessoais importantes sejam armazenadas de maneira segura, evitando que elas se percam em razão de algum problema operacional ou incidente cibernético, por exemplo. 

Ao ter cópias de segurança dos seus dados, é possível acessar essas informações quando quiser, podendo recuperá-las de um jeito prático e sem dor de cabeça.

Por Que Fazer Backup Na Sua Empresa É Importante?

Como mencionamos anteriormente, realizar backup dos dados da sua empresa é importante para evitar que informações importantes possam ser perdidas, roubadas, ameaçadas por vírus ou mesmo invadidas.

A realização desse procedimento é uma forma de se prevenir e garantir que as suas informações estejam armazenadas em um ambiente seguro, moderno e de fácil acesso. 
Então, se você quer garantir a integridade das informações da sua informação, realizar backups de maneira regular é essencial.

Quais As Estratégias De Backup?

Confira as principais estratégias de backup que podem ser usadas pelas empresas em diferentes contextos:

Completo

O backup completo, também conhecido como “backup full”, é uma estratégia de cópia de segurança que envolve a cópia de todos os dados e arquivos de um sistema ou de um conjunto específico de pastas e unidades de armazenamento. 

Isso inclui todos os arquivos, aplicativos, configurações e metadados relevantes para o funcionamento do sistema ou das operações empresariais. Dentre os principais aspectos destacam-se:

Recuperação Abrangente: um backup completo garante que todas as informações estejam disponíveis para recuperação em caso de perda de dados devido a falhas de hardware, erros humanos, ataques cibernéticos ou desastres naturais. Isso minimiza a interrupção dos negócios e permite a restauração completa do sistema.

Proteção contra Ransomware e Malware: ataques de ransomware e malware podem criptografar ou danificar arquivos de dados. Um backup completo permite que você restaure os dados não afetados e evite pagar resgates a criminosos.

Confiabilidade: os backups completos são uma abordagem confiável para a proteção de dados, pois garantem que nada seja deixado para trás. Isso é especialmente importante para empresas que lidam com informações críticas e sensíveis.

Simplifica a Gestão de Backup: um backup completo elimina a necessidade de rastrear e fazer backup de arquivos individuais, o que pode ser demorado e propenso a erros. Isso simplifica a gestão de backup e economiza tempo.

Incremental

O backup incremental é outra estratégia de cópia de segurança que se concentra em salvar apenas os dados que foram alterados ou adicionados desde o último backup. 

Em vez de copiar todos os arquivos a cada vez, como ocorre em backups completos, o backup incremental identifica e faz cópias somente dos dados novos ou modificados desde o último backup, economizando tempo e recursos de armazenamento.

O processo de backup incremental começa com um backup inicial completo, onde todos os dados são copiados para um local seguro. Esse backup completo serve como ponto de referência inicial.

Após o backup inicial, os backups incrementais subsequentes copiam apenas as alterações que ocorreram nos dados desde o último backup, seja ele completo ou incremental. Essas alterações geralmente são identificadas por meio de marcas de data e hora.

Com o tempo, uma cadeia de backups incrementais é formada, cada um dependendo do anterior. Para restaurar os dados, é necessário o backup inicial completo e todos os backups incrementais subsequentes na ordem correta.

Vantagens do Backup Incremental

Economia de Espaço: O backup incremental economiza espaço de armazenamento, pois copia apenas as alterações, em vez de duplicar todos os dados a cada backup. Isso é particularmente valioso para empresas com grandes volumes de dados.

Economia de Tempo: Como apenas os dados modificados são copiados, os backups incrementais são mais rápidos em comparação com os backups completos. Isso reduz o tempo de backup e minimiza o impacto nas operações comerciais.

Menor Uso de Recursos: A redução na quantidade de dados copiados também significa menos uso de largura de banda de rede e recursos de armazenamento, tornando o backup incremental uma opção eficiente em termos de recursos.

Restauração Flexível na linha de tempo: A restauração de dados pode ser feita em um ponto específico no tempo, basta restaurar o backup inicial completo e os backups incrementais necessários. 

Intervalos de Backup Mais Curtos: Como os backups incrementais podem ser agendados com mais frequência, as empresas podem ter intervalos de backup mais curtos, reduzindo a perda potencial de dados em caso de falha.

Diferencial

O backup diferencial é outra estratégia de cópias de segurança que se concentra em salvar apenas os dados que foram alterados desde o último backup completo. 

Em contraste com o backup incremental, que copia apenas as alterações desde o último backup de qualquer tipo (seja completo ou incremental), o backup diferencial copia todos os dados que foram modificados desde o último backup completo.

O processo de backup diferencial começa com um backup completo inicial, onde todos os dados são copiados para um local seguro. Esse backup completo serve como ponto de partida.

Após o backup inicial, os backups diferenciais subsequentes copiam todos os dados que foram alterados ou adicionados desde o último backup completo. 

Isso significa que cada backup diferencial captura todas as alterações desde o último estado conhecido, que é o backup completo inicial.

Conforme o tempo passa, os backups diferenciais ficam progressivamente maiores, já que acumulam todas as mudanças desde o último backup completo. Portanto, a restauração requer o backup completo inicial e o último backup diferencial.

Vantagens do Backup Diferencial

Simplicidade: o backup diferencial é mais simples de gerenciar do que os backups incrementais, pois você precisa apenas do último backup diferencial e do backup completo inicial para restaurar todos os dados.

Restauração Rápida: a restauração de dados é rápida, pois requer apenas o backup completo inicial e o último backup diferencial, permitindo restaurar os dados até um ponto específico no tempo.

Menor Uso de Recursos: como apenas as alterações desde o último backup completo são copiadas, o backup diferencial utiliza menos recursos de armazenamento em comparação com backups completos frequentes.

Intervalos de Backup Mais Longos: os intervalos entre os backups diferenciais podem ser mais longos em comparação com os backups incrementais, reduzindo a carga de trabalho e a perda potencial de dados em caso de falha.

O Que É Uma Política De Backup Para Empresas?

A política de backup corporativa é, basicamente, um guia que disciplina todos os processos para armazenamento de dados de uma organização.

Ao definir regras, você garante mais segurança às informações, evitando erros ou inconsistências na hora de fazer cópias de arquivos importantes, além de definir o que deve ser armazenado ou não. 

Por isso, esse guia deve estabelecer qual a frequência dos backups, qual o tipo de sistema que será usado, qual o local de armazenamento e quem serão os responsáveis por esse processo. 

Com essas informações em mãos, é possível criar uma política de backup corporativa de maneira eficiente.

Como Criar Uma Política De Backup Corporativa?

Mas, para te ajudar a criar essa política de backup, há aspectos que você precisa levar em consideração; por isso, listamos logo abaixo todos os pontos de atenção.  O primeiro deles é a definição dos arquivos que necessitam de uma cópia de segurança. 

Nesse sentido, faça um levantamento das necessidades de cada setor e quais são as informações que necessitam de maior cuidado, principalmente, pelo dano que essa perda pode causar. 

Além disso, é fundamental que tenha controle de cada versão para evitar que os arquivos sejam perdidos em casos de falhas nos sistemas ou em um computador. 

Muitos sistemas de backup em nuvem oferecem essa tecnologia que salva automaticamente tudo que é produzido. 

Outro ponto que merece destaque ao implantar uma política para realização de cópias de segurança, é estabelecer uma frequência de backups.  Para isso, recomendamos que analise a importância de cada dado armazenado e qual a necessidade de armazenamento.

Além disso, não se esqueça de determinar um ciclo de vida das cópias de segurança, que estabelece um caminho das informações dentro de uma empresa, desde coleta até o arquivamento dos dados. 

A definição do ciclo de vida é essencial porque há muitos arquivos que podem perder a sua utilidade ao longo do tempo. Além disso, esse cuidado também otimiza os espaços no local de armazenamento. 

Onde Fazer O Backup?

Como já mencionamos ao longo deste artigo, há vários dispositivos usados para a realização de cópias de segurança; entre eles estão a nuvem, fita, storage, NAS entre outros. 

Entenda como esse processo funciona em cada um desses locais, confira!

Nuvem

A nuvem é um dos sistemas de backup mais usados nas empresas, hoje em dia, principalmente, por conta da sua facilidade de acesso, segurança e praticidade. 

Nesse caso, os dados são guardados em um datacenter remoto. Nele, é possível acessar as informações de qualquer lugar e sempre que quiser.

beneficios-backup-em-nuvem

Storage, NAS ou HD Extern

É possível ainda realizar cópias de segurança em um local físico, como em um HD externo, por exemplo.  

Com essa tecnologia, o usuário terá um espaço limitado para o armazenamento dos dados; por isso, na hora de escolher o sistema de backup, é preciso entender qual o volume de informações que deseja guardar.

Uma das desvantagens desse equipamento é que ele pode apresentar falhas, comprometendo, assim, os seus arquivos. 

Backup Em Mídia Física

Além do HD externo, há outros exemplos de mídias físicas que vale a pena destacar neste artigo, como fitas LTO e pen drives, por exemplo. 

Nesse caso, a vulnerabilidade desses sistemas é ainda maior, o que pode comprometer a segurança das informações da sua empresa. Além disso, o espaço nesses equipamentos também é limitado. 

Quais Dados Devo Fazer Um Backup?

A boa notícia é que é possível fazer backup de uma série de arquivos, como documentos, contratos, bancos de dados, aplicativos, imagens, softwares, conversas, contatos, vídeos e muitas outras informações que são importantes para a atividade da sua empresa. 

Quando Devo Fazer Backup? Qual Periodicidade?

A periodicidade dos backups deve ser definida com base em uma avaliação cuidadosa dos seguintes fatores:

Tipos de Dados: a natureza dos dados que sua empresa lida desempenha um papel fundamental na determinação da periodicidade. Dados críticos que mudam com frequência, como transações financeiras, podem exigir backups mais frequentes.

Riscos e Impactos: considere os riscos de perda de dados e o impacto que essa perda teria em suas operações. Se a perda de dados for catastrófica, backups mais frequentes podem ser necessários.

Recursos Disponíveis: a capacidade de armazenamento e os recursos de backup da sua empresa também influenciam a periodicidade. Certifique-se de que possui recursos suficientes para atender às suas necessidades.

Regulamentações e Conformidade: setores regulamentados, como saúde e finanças, podem ter requisitos específicos de retenção e periodicidade de backups que precisam ser seguidos.

Nível de Tolerância a Perda de Dados: Avalie o quanto sua empresa pode tolerar a perda de dados. Isso ajudará a determinar quanto tempo pode se passar entre os backups.

Recomendações Gerais

Com base nos fatores acima, aqui estão algumas recomendações gerais para a periodicidade dos backups:

Backups Diários: Para a maioria das empresas, realizar backups diários é uma prática comum e eficaz. Isso ajuda a minimizar a perda de dados e a manter as informações atualizadas.

Backups Semanais: Em casos em que os dados não mudam com tanta frequência ou recursos limitados estão disponíveis, backups semanais podem ser adequados.

Backups Mensais ou Mais Espaçados: Para dados que raramente mudam e não são críticos para as operações diárias, backups mensais ou menos frequentes podem ser suficientes.

Eventos Significativos: Além dos backups regulares, considere realizar backups adicionais antes de eventos significativos, como atualizações de software, migrações de dados ou mudanças importantes no sistema. 

Principais Softwares de Backup

O mercado oferece, atualmente, muitos softwares de backup. Por isso, conhecer os principais é importante para que você escolha o melhor sistema para guardar as informações da sua empresa.

Confira:

Backup PRO

Um dos melhores softwares do mercado é o Backup PRO, que possui um sistema  compatível com diversos sistemas, aplicações, bancos de dados e virtualização, garantindo, assim, a segurança dos dados e estrutura de uma organização.

A vantagem é que a HLTI oferece um sistema que não há um limite para os dados armazenados. Além disso, todo o sistema realizado não precisa ter intervenção manual, já que é todo automático. 

Outra vantagem é que o nosso sistema permite acessar e recuperar dados de forma fácil, segura e rápida.

Nosso sistema envia regularmente relatórios de todas as atividades, para que seja possível o acompanhamento das cópias de segurança.

Já o AOMEI Backupper é um sistema de backup indicado para dispositivos com o programa. Esse software possui diversos recursos, como recuperação, clone e sincronização de dados. 

Ele também pode ser usado por pessoas físicas, sendo que, nesse caso, a ferramenta é gratuita. 

Acronis Backup

Já o software ACronis BAckup é também um sistema compatível com diversos programas, como Windows, macOS, Linux, Android e iOS.

Esse sistema é pago e disponibiliza aos seus clientes diversas funcionalidades, como sincronização de arquivos, backup, restauração, gerenciamento, etc. 

Há ainda o software CrashPlan que trabalha com empresas de diversos tamanhos, tanto pequenas, médias ou grandes. Seu sistema é compatível com diversos programas, como Windows, macOS e Linux.

Entre os serviços oferecidos pelo CrashPlan estão suporte, proteção à disco rígido externo e recuperação de dados em caso de ransomware.

Veeam Backup & Replication

A Veeam é líder em soluções de backup e recuperação de dados para ambientes de virtualização. Seu software é projetado especificamente para empresas que utilizam tecnologias de virtualização, como VMware e Hyper-V.

A Veeam oferece backup de máquinas virtuais, replicação e restauração instantânea, ajudando as empresas a protegerem eficazmente suas infraestruturas virtuais.

Veeam Backup para Office 365

O Veeam Backup para Office 365 é uma solução projetada especificamente para proteger os dados do Microsoft Office 365.

Ele oferece uma camada adicional de segurança para emails, contatos, calendários e documentos armazenados no Office 365, garantindo que esses dados possam ser recuperados em caso de exclusões acidentais, perda de dados ou ameaças cibernéticas, como ransomware.

Com o Veeam Backup para Office 365, as empresas podem manter o controle de seus dados críticos e garantir a continuidade dos negócios na nuvem da Microsoft.

Dell EMC Data Protection

A Dell EMC é reconhecida por suas soluções de proteção de dados escaláveis e robustas. Seu software de backup oferece uma ampla gama de recursos, desde backup de dados em nuvem até recuperação de desastres.

A Dell EMC se destaca pela integração com hardware de armazenamento, tornando-o uma opção atraente para empresas que já utilizam equipamentos Dell EMC em seu ambiente de TI.

Cada um desses softwares de backup tem suas próprias vantagens e características únicas. 

A escolha depende das necessidades específicas de sua empresa, tamanho da infraestrutura, preferências de integração e orçamento. 

É importante avaliar cuidadosamente as opções disponíveis antes de escolher a solução de backup mais adequada para sua organização.

Como Facilitar A Rotina De Backup Nas Empresas?

Para facilitar a rotina de backup da empresa, é preciso ter um controle constante sobre esse processo. Somado a isso, é preciso escolher os melhores sistemas para realização de cópias de segurança.

Hoje em dia, os softwares de backup em nuvem são a tecnologia mais recomendada por ser um sistema remoto, que pode ser operado de qualquer lugar.

Além disso, esses sistemas realizam cópias automáticas, além de oferecer tecnologia de criptografia, com senhas, para garantir a proteção dos dados.

Sem contar que esse sistema não tem limitação de espaço e também permite que o acesso seja compartilhado entre vários usuários. 

O melhor é que a tecnologia em nuvem não sofre danos físicos, como acontece em sistemas, como 

pen drive ou HD externos, que podem ser perdidos ou quebrados, por exemplo. 

Porém, ao escolher um sistema de backup em nuvem, é importante contratar empresas de tecnologia de TI confiáveis e idôneas do mercado para garantir a segurança das informações da sua companhia. 

Outro ponto importante é realizar treinamentos da sua equipe ao contratar um sistema de backup para que todos os colaboradores entendam exatamente como esse processo funciona.

No caso da equipe de TI, é importante que o treinamento seja mais detalhado para que eles compreendam como realizar esses processo, frequência, quais os dados serão armazenados e qual é o sistema escolhido.

Conclusão

Agora que você já entendeu o que é backup, qual a importância para a sua empresa, como funciona e as melhores ferramentas, lembre-se que escolher uma boa empresa de TI é fundamental para garantir, assim, a segurança dos dados da sua companhia. 

Na hora de contratar a melhor empresa, conheça o melhor lugar é a HLTI, uma empresa de tecnologia, que oferece soluções personalizadas para empresas de diferentes portes e segmentos. 

Com os nossos sistemas, você tem análise e diagnóstico, execução de forma ágil e segura, manutenção e suporte e sustentação completa para a sua empresa. 

Conheça a nossa empresa que tem mais de 32 anos de experiência em soluções de tecnologia da informação. A TI da sua empresa nas mãos de quem entende. Acesse o nosso site!

2022. Todos os direitos reservados. Criado por @setezeromeia.