Entenda A Diferença Entre Incremental Backup E Diferencial

Incremental Backup

Você sabe a diferença entre backup incremental e diferencial? Com a quantidade crescente de dados gerados por empresas e pessoas, a importância de backups se tornou uma necessidade. 

Afinal, qualquer perda de dados pode ser devastadora e resultar em grandes prejuízos, tanto financeiros quanto em termos de tempo e esforço necessários para recriar ou recuperar informações.

Os backups permitem que as informações importantes sejam recuperadas em caso de perda de dados ou danos causados ​​por falhas no hardware, software, tempestades, ransomware, enfim… ameaças é o que não nos falta 🙁

Existem diferentes tipos de backup, incluindo o backup completo, incremental e diferencial. Neste artigo, vamos explorar a diferença entre backup incremental e diferencial.

Para te ajudar, neste artigo vamos falar mais detalhes sobre o backup incremental e algumas diferenças perante o backup diferencial. Confira!

O Que É Backup Incremental?

O backup incremental é um método de backup de dados que envolve a criação de cópias de dados que foram modificados desde o último backup.

O backup incremental é uma opção de backup mais eficiente em termos de armazenamento e tempo, em comparação com o backup completo e o backup diferencial.

Na primeira vez em que um backup incremental é executado, ele faz uma cópia completa de todos os arquivos selecionados. Em backups subsequentes, ele faz a cópia somente dos arquivos que foram modificados ou criados desde o último backup incremental.

Por exemplo, suponha que você execute um backup incremental na segunda-feira e na terça-feira um arquivo é modificado.

Quando você executar o backup incremental na quarta-feira, ele fará uma cópia apenas do arquivo que foi modificado na terça-feira, em vez de copiar todos os arquivos novamente.

Isso economiza espaço de armazenamento e torna o backup incremental muito mais rápido do que o backup completo ou diferencial.

De maneira resumida, ele faz apenas o backup de arquivos novos ou que sofreram alguma modificação desde o último backup. 

backup-incremental

Como Funciona O Backup Incremental?

O backup incremental é um processo que envolve a criação de cópias de arquivos que foram modificados ou criados desde o último backup completo ou incremental.

Para entender melhor como funciona o backup incremental, é importante entender alguns conceitos técnicos utilizados neste tipo de backup. Vamos lá!

  1. Marca de tempo: quando um backup incremental é executado, ele cria uma marca de tempo indicando a data e hora em que o backup foi concluído.

Essa marca de tempo é usada para determinar qual backup incremental é o mais recente e qual deve ser usado como base para o próximo backup.

  1. Arquivos modificados: esse tipo de backup verifica os arquivos em relação à data de modificação para determinar quais foram alterados ou criados desde o último backup incremental. Esses arquivos são copiados para o backup incremental.
  1. Cadeia de backup: esse tipo de backup é criado em uma cadeia, com cada backup incremental baseado no anterior. 

Isso significa que, para restaurar um arquivo específico, é necessário restaurar todos os backups incrementais desde o último backup completo.

  1. Comparação de checksum: para determinar se um arquivo foi modificado desde o último backup incremental, o backup incremental pode usar uma comparação de checksum.

Um checksum é uma sequência de caracteres que representa a soma de verificação de um arquivo.

Se o checksum do arquivo no backup atual for diferente do checksum do arquivo no último backup incremental, o backup incremental fará uma cópia do arquivo modificado.

  1. Redução do tempo de backup: como apenas os arquivos modificados são copiados durante o backup incremental, isso pode reduzir significativamente o tempo necessário para executar o backup. Isso é especialmente benéfico em backups de grandes volumes de dados.
  1. Uso eficiente do espaço de armazenamento: esse tipo de backup economiza espaço de armazenamento, pois apenas as alterações são salvas, em vez de uma cópia completa de todos os arquivos. Isso permite que mais backups sejam armazenados no mesmo espaço.

Em resumo, esse tipo de backup é um processo eficiente que economiza espaço de armazenamento e reduz o tempo necessário para executar o backup.

Ele verifica os arquivos modificados desde o último backup incremental usando uma marca de tempo e comparação de checksum.

Esse tipo de backup é armazenado em uma cadeia, e todos os backups incrementais desde o último backup completo devem ser restaurados para recuperar um arquivo específico.

Quando Usar o Backup Incremental?

O backup incremental é uma opção eficiente de backup que é recomendada em situações em que o tempo e o espaço de armazenamento são importantes. Aqui estão algumas situações em que o backup incremental pode ser a melhor escolha:

  1. Quando o tempo de backup é importante: esse tipo de backup é a opção mais rápida, pois faz uma cópia apenas dos arquivos que foram modificados ou criados desde o último backup incremental.

Isso economiza tempo e torna o backup incremental ideal para situações em que o tempo é crítico, como backups de servidores de produção ou backups em que há um grande volume de dados para copiar.

  1. Quando o espaço de armazenamento é limitado: esse esse tipo de backup economiza espaço de armazenamento, pois faz cópias apenas dos arquivos modificados ou criados desde o último backup incremental.

Isso significa que menos espaço de armazenamento é necessário para armazenar backups incrementais, tornando-o ideal para situações em que o espaço de armazenamento é limitado.

  1. Quando a frequência de backup é alta: esse tipo de backup é recomendado para situações em que os backups são executados com frequência, como backups diários ou horários.

Como apenas os arquivos modificados ou criados desde o último backup incremental são copiados, esse tipo de backup pode ser executado com frequência sem consumir muito espaço de armazenamento.

  1. Quando a restauração não é urgente: esse tipo de backup é uma boa opção se a restauração não for urgente. Embora a restauração de arquivos possa ser um pouco mais complicada, já que todos os backups incrementais desde o último backup completo devem ser restaurados, o backup incremental ainda é uma boa escolha se a restauração puder ser planejada com antecedência.

Em resumo, esse tipo de backup é recomendado em situações em que o tempo de backup e o espaço de armazenamento são importantes e a restauração não é urgente. 

É uma boa opção para backups frequentes, em que apenas as alterações são salvas, economizando espaço de armazenamento e tornando o processo mais rápido.

Qual A Importância Do Backup Incremental?

No ambiente empresarial dinâmico de hoje, onde dados são um dos ativos mais valiosos, a segurança da informação se torna uma prioridade incontestável. Nesse contexto, o backup incremental emerge como uma solução eficaz e eficiente para a proteção de dados.

Essencialmente, o backup incremental se diferencia por copiar apenas os dados que foram alterados ou adicionados desde o último backup, seja ele total ou incremental anterior.

Isso significa uma economia significativa de tempo e recursos de armazenamento, otimizando a gestão de dados da empresa.

Além da economia de recursos, o backup incremental oferece uma recuperação de dados mais rápida em comparação com outros métodos.

Em caso de perda de dados, seja por falha de hardware, erro humano ou ataque cibernético, a capacidade de restaurar informações a partir do último estado salvo sem a necessidade de processar grandes volumes de dados é uma vantagem inestimável.

Isso não apenas minimiza o tempo de inatividade, mas também garante a continuidade dos negócios com o mínimo impacto operacional.

Portanto, a adoção de backups incrementais não é apenas uma medida de proteção de dados, mas uma estratégia inteligente de gestão.

Ao garantir a segurança e a recuperação eficaz de dados, as empresas fortalecem sua resiliência diante de adversidades, protegendo não apenas sua informação crítica, mas também sua reputação e sua capacidade de operar sem interrupções.
Neste cenário, o backup incremental não é apenas importante, mas essencial para a sustentabilidade e o sucesso empresarial no mundo digital contemporâneo.

Quais Os Outros Tipos De Backup?

Além do backup incremental, que se destaca por sua eficiência ao salvar apenas as alterações desde o último backup, existem outros métodos de backup que as empresas podem adotar para garantir a segurança e a integridade de seus dados. 

Cada um desses métodos tem suas próprias vantagens e desvantagens, e a escolha entre eles depende das necessidades específicas da empresa, incluindo requisitos de recuperação de dados, capacidade de armazenamento e recursos disponíveis.

Uma estratégia de backup bem-sucedida muitas vezes envolve a combinação desses métodos para criar um sistema de backup robusto e confiável, assegurando que os dados empresariais estejam protegidos contra perdas e prontamente disponíveis quando necessário.

Seguem os outros métodos mais comuns, o completo e o diferencial.

Backup Completo Ou Full

O backup completo, por exemplo, é o mais tradicional, envolvendo a cópia de todos os dados selecionados para o backup, independentemente de terem sido alterados ou não desde a última operação.

Embora seja o método mais demorado e que mais consome espaço de armazenamento, oferece a vantagem de uma recuperação de dados simplificada, pois todos os dados estão contidos em um único conjunto.

Backup Diferencial

Outro método importante é o backup diferencial. Este tipo se assemelha ao incremental no sentido de que não copia todos os dados a cada operação.

Porém, ao contrário do incremental, o backup diferencial copia todos os dados alterados desde o último backup completo.

Isso resulta em tempos de recuperação mais rápidos do que os backups incrementais, pois apenas dois conjuntos de dados precisam ser restaurados: o último backup completo e o último backup diferencial.

Quais As Diferenças Entre Backup Incremental E Diferencial?

Incremental backup e diferencial backup não são a mesma coisa e, por isso, não devem ser confundidos na hora de escolher o melhor serviço para a sua empresa.

Sendo assim, listamos os tópicos abaixo o conceito de cada um deles e as principais vantagens e desvantagens. Confira!

Backup Incremental

Como já explicamos, o backup incremental realiza cópias de segurança apenas dos dados que sofreram alguma alteração desde o último processamento realizado. 

Principais Vantagens Do Backup Incremental

Uma das principais vantagens desse tipo de backup é a velocidade do processo, que é muito mais rápido quando comparado com o backup full, que demora mais para processar os dados, por conta do alto volume de arquivos. 

Consequentemente, outra vantagem do incremental backup é que sua empresa precisará de um espaço menor para armazenar as informações. 

Principais Desvantagens Do Backup Incremental

Mesmo sendo um sistema muito vantajoso, o incremental backup tem alguns pontos negativos que devem ser pontuados.

Uma das desvantagens é a lentidão para que uma restauração seja concluída, já que para a recuperação dos dados, dependendo da solução contratada, é preciso restaurar primeiramente o backup completo e depois os dados incrementados. 

Sem contar que essa condição também pode ter riscos, pois, em caso da perda de um arquivo, toda a restauração pode ser comprometida. 

No caso das empresas que optam por backup em sistemas físicos, como fitas, por exemplo, é preciso ter uma nova fita para a realização do incremental backup, fragmentando os arquivos, já que são distribuídos em vários locais, podendo prejudicar a sua recuperação.  

Backup Diferencial

No processo de backup diferencial, o sistema realiza primeiramente o backup completo de todos os arquivos digitais e, em seguida, das execuções posteriores. 

Diferente do incremental backup, que realiza cópias apenas dos dados alterados, o diferencial faz o backup de todos os arquivos modificados desde o último backup full realizado. 

Dessa forma, no processamento após o backup completo, o sistema copia apenas as informações que foram alteradas. Já na próxima execução, o diferencial copia os mesmos dados e as alterações realizadas depois. 

Principais Vantagens Do Backup Diferencial

O backup diferencial é um sistema mais seguro quando comparado com o backup incremental. Isso acontece porque ele reúne todos os dados modificados desde o último backup completo, evitando a fragmentação excessiva dos arquivos.

A grande vantagem do backup diferencial é a velocidade de restauração dos dados quando comparado com o sistema incremental.

Principais Desvantagens Do Backup Diferencial

O backup diferencial não é vantajoso no que se refere ao espaço de armazenamento. Isso porque, o sistema necessita de cada vez mais espaço a cada novo backup.

Dessa forma, chegará um momento em que o diferencial será maior do que o backup full.

Quando o backup diferencial estiver próximo de 70% do tamanho do Backup Full (completo), recomenda-se gerar um novo backup Full e na sequência os backups diferenciais.

Outro ponto a considerar é o tempo do backup, à medida que o tamanho do backup aumenta, a cada novo backup aumenta o processamento e o tempo para comparar todos os dados e definir quais devem ser copiados. 

Outra desvantagem do backup diferencial é a necessidade de realizar periodicamente o backup full para reduzir as possibilidades de perdas de dados. 

Considera-se uma boa prática fazer um backup full aos finais de semana e durante a semana o backup diferencial diariamente.

Bem, isto não é uma regra, depende muito do negócio e da infraestrutura de TI de cada empresa.

backup-diferencial

Principais Vantagens Do Backup Diferencial

O backup diferencial é um sistema mais seguro quando comparado com o backup incremental.

Isso acontece porque ele reúne todos os dados modificados desde o último backup completo, evitando a fragmentação excessiva dos arquivos.

A grande vantagem do backup diferencial é a velocidade de restauração dos dados quando comparado com o sistema incremental.

Principais Desvantagens Do Backup Diferencial

O backup diferencial não é vantajoso no que se refere ao espaço de armazenamento.

Isso porque, o sistema necessita de cada vez mais espaço a cada novo backup. Dessa forma, chegará um momento em que o diferencial será maior do que o backup full.

Quando o backup diferencial estiver próximo de 70% do tamanho do backup full (completo), recomenda-se gerar um novo backup gull e na sequência os backups diferenciais.

Outro ponto a considerar é o tempo do backup, à medida que o tamanho do backup aumenta, a cada novo backup aumenta o processamento e o tempo para comparar todos os dados e definir quais devem ser copiados. 

Outra desvantagem do backup diferencial é a necessidade de realizar periodicamente o backup full para reduzir as possibilidades de perdas de dados. 

Considera-se uma boa prática fazer um backup full aos finais de semana e durante a semana o backup diferencial diariamente.

Bem, isto não é uma regra, depende muito do negócio e da infraestrutura de TI de cada empresa.

Como Escolher A Melhor Opção De Backup?

Na hora de escolher entre o  backup incremental, diferencial ou outros sistemas, muitas empresas ficam perdidas em qual tipo contratar. Por isso, pontuamos nos próximos tópicos, os aspectos que você precisa levar em consideração. 

Confira! 

Solução Tem Todos Os Componentes?

Antes de contratar um sistema de backup, é importante que você avalie junto ao fornecedor de tecnologia quais são os componentes usados pela ferramenta. Verifique, por exemplo, se o sistema inclui software agente de backup, suporte técnico por telefone ou WhatsApp. 

Não deixe de questionar o fornecedor sobre a escalabilidade da ferramenta para aumento de aplicações protegidas, espaço em nuvem e elasticidade.

Suporte Técnico É Fácil De Contatar?

Outro ponto fundamental que deve ser considerado é o nível de suporte técnico oferecido e o que esse serviço inclui. Esse, sem dúvida, é um dos pontos mais importantes, principalmente, em caso de falhas ou incidentes no sistema da sua empresa. 

Verifique se em uma situação adversa, o fornecedor vai estar junto com a sua empresa para auxiliar na solução do problema. 

Qual Melhor Opção?

Decidir entre backup completo, incremental e diferencial envolve entender as necessidades específicas de sua empresa em termos de recuperação de dados, eficiência de armazenamento e disponibilidade de recursos.

O backup completo, sendo o mais abrangente, é ideal para estabelecer uma linha de base sólida de todos os dados da empresa. 

Geralmente, é recomendado realizá-lo periodicamente, como parte de uma rotina semanal ou mensal, dependendo do volume de dados e da capacidade de armazenamento disponível. 

Esse método assegura que, em qualquer cenário, você tenha uma cópia íntegra de todos os seus dados.

O backup incremental, por outro lado, é mais adequado para backups diários, pois copia apenas os dados que mudaram desde o último backup, seja ele completo ou incremental anterior. 

Isso economiza significativamente tempo e espaço de armazenamento, tornando-o ideal para ambientes dinâmicos onde os dados são frequentemente atualizados, mas você deseja minimizar o impacto na infraestrutura de TI e garantir backups rápidos e eficientes.

Já o backup diferencial é uma excelente opção intermediária, copiando todas as alterações feitas desde o último backup completo. 

Isso torna os backups diferenciais um pouco maiores que os incrementais, mas a restauração dos dados é mais rápida, pois você só precisa do último backup completo e do último diferencial para recuperar todos os dados. 

Empresas que podem se dar ao luxo de um pouco mais de tempo e espaço de armazenamento para backups, mas ainda querem uma solução mais eficiente do que o backup completo repetido, encontrarão no diferencial a escolha ideal.

Em resumo, a escolha entre esses métodos de backup depende do equilíbrio entre a frequência de atualização dos dados, os recursos disponíveis para backups e o tempo necessário para recuperação em caso de perda de dados. 

Uma estratégia eficaz muitas vezes inclui uma combinação desses métodos, aproveitando o melhor de cada um para criar um plano de backup robusto e adaptado às necessidades da sua empresa.

Demonstração

Na hora de contratar esse tipo de backup ou qualquer outro tipo de sistema, é importante que o fornecedor ofereça um período de demonstração do seu sistema. 

Esse cuidado é importante para que você possa fazer testes da solução no ambiente de TI e também no seu servidor da sua empresa.

Conclusão

O backup incremental é um bom método a se utilizar, principalmente se você precisa fazer backups rápidos, com pouco tempo de utilização. 

Porém, para que ele seja, de fato, eficiente, é preciso analisar as reais necessidades do negócio, da aplicação e também o  fornecedor de tecnologia. 

Por isso, antes de contratar uma solução de TI, leve em consideração as dicas que trouxemos neste arquivo. 

Se você busca uma solução completa e segura, conheça a HLTI, uma empresa de TI que comercializa e oferece suporte técnico ao Backup PRO e Veeam Backup & Replication, soluções completas que incluem consultoria, suporte técnico e armazenamento dos dados na nuvem. 

2022. Todos os direitos reservados. Criado por @setezeromeia.